Starters

| 20 novembro 2013 |
Callie é uma Starter. Ela não tem casa, não tem família e a única pessoa que lhe resta é um irmão mais novo para cuidar. Tendo que viver de lugar em lugar, com o irmão doente e sem saber o dia de amanhã, Callie decide aceitar um trabalho que poderia lhe render o suficiente par mudar a sua vida, mesmo que ela deixasse se ser ela mesma. 

A guerra dos esporos assolou a população. Quando apenas os mais jovens e os mais velhos foram vacinados, todo o resto da população morreu, criando uma sociedade de Starters e Enders. Pessoas jovens demais para cuidar de si mesmas, ou pessoas velhas demais para conseguirem aproveitar suas vidas da forma que elas gostariam.

Callie recebe uma proposta de uma grande empresa, chamada Prime Destinations, para "alugar" seu corpo para que algum Ender (pessoas com mais de 60 anos) possa usufruir de sua juventude de Starter (jovens com menos de 20 anos) por algum tempo. Apesar de um emprego estranho, Callie não imaginava que seria inserida dentro de uma trama para descobrir a verdade sobre um sistema falho e cruel, que poderia trazer aos Starters algo muito perigoso e sem volta.

“Starters” é uma distopia maravilhosa. Um mundo onde só existem pessoas jovens ou idosas, onde os jovens sem família tem que fugir para não serem jogados em prisões. Callie resolve alugar seu corpo para que alguém possa desfrutar novamente de um corpo jovem, mas ela acorda antes do fim de seu contrato e descobre que seu emprego dos sonhos nada mais é do que uma forma de acabar com os sonhos e com a vida de quem não consegue encontrar outra alternativa para sobreviver. Obviamente, um emprego que lhes garantiria dinheiro fácil sem nenhum esforço seria muito apelativo, mas é claro, nada poderia ser tão fácil.

Uma sociedade em que as pessoas ao invés de cuidar dos seus jovens, os usam para fins doentios. É claro que se não existem mais pessoas entre 20 e 60 anos, muitos desses jovens estarão abandonados, mas é necessário que alguém abra os olhos e comece a lutar contra um sistema que, além de não ajudá-los, começa a encarar sua existência como dispensável. Um livro maravilhoso que fará com que os leitores não consigam largá-lo antes do fim, um fim, aliás, que fará qualquer um desejar ter logo em mãos a tão aguardada sequência.


7 comentários:

  1. Oi Jana, realmente estou impressionado com essa resenha! Primeiramente, acho essa capa muito interessante e já trás para o leitor uma sensação de medo e insegurança, apenas um olho azul fica tão assim, ah, não sei descrever.

    Mas depois dessa resenha fiquei super curioso mesmo! Gosto de livros assim, a resenha me lembrou muito um livro que li chamado "O doador", uma distopia também, sabe, acho que gosto muito de distopias rsrs.

    Adorei tudo nesse blog, dá uma passada também no meu. Beijos!

    http://blogliterariopalavrasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Samuel! Eu realmente gostei muito desse livro (também gosto muito de distopias.. hehehe). Ainda não li o livro que você indicou, mas se lembra Starters já entrou para minha lista :D

      Excluir
  2. Respostas
    1. Não gostou? Conte pra gente os motivos. É sempre legal ler outros pontos de vista. Beijos!

      Excluir
  3. Quero muito ler esse livro. Já vi muitas opiniões positivas sobre ele e algumas negativas também. Achei a história super interessante.
    Um abraço,
    Dayenne Vieira.

    http://um-momentoasos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei da estória. Achei legal, um tema diferente do que eu tenho lido ultimamente. Depois que você ler nos conte o que achou. Beijos!!!

      Excluir
  4. Sou apaixonada por distopias e estou louca pra começar essa, adorei a estória do livro e li resenhas muito positivas sobre Starters :)

    ResponderExcluir