O Diamante

| 06 julho 2014 |
O que é um diamante, além de uma pedra preciosa? Uma prova de amor? Um caminho para a felicidade? Uma medida para o poder e a riqueza? Ou ele simplesmente simboliza algo que as pessoas desejam desesperadamente que se realize, sendo seus sonhos sendo medidos pelos quilates de uma pedra?

Quando um livro nos leva a conhecer mais profundamente algo que culturalmente não é comum para nós, é muito interessante perceber o que outras pessoas tendem a pensar sobre o que é importante para as suas vidas e para construir a sua felicidade. Receber um anel de diamante como compromisso não é algo comum para nós, como é em outros países, de acordo com o que é narrado no livro. Não importa seu status, sua condição financeira e social, se você quiser assumir um compromisso e se deseja expressar corretamente o seu amor, alguns quilates são indispensáveis.

Foi muito interessante conhecer essa necessidade que algumas culturas trazem para os seus consumidores e como a publicidade, através de uma personagem real, inseriu a necessidade desse bem de consumo na vida da população. Como o diamante devia ser visto, não como um bem material, mas como uma medida para a felicidade que uma pessoa teria ao resolver dividir a sua vida com alguém.

Os personagens escolhidos para ilustrarem esse contexto são interessantes, cada um à sua maneira. No começo do livro, eu fiquei desapontada ao achar que cada pessoa teria uma narrativa curta, pois seria frustrante não ter mais nenhuma informação sobre o que aconteceu com cada uma delas e com os seus problemas, porém, ao avançar os capítulos e os encontrar novamente, é maravilhoso.


O livro ‘’O Diamante” nos faz mergulhar através de cinco histórias fascinantes que se entrelaçam de uma forma inimaginável. O amor narrado de várias perspectivas diferentes, sendo ele por seu trabalho, pelos seus ideais, por um escapismo de uma vida estagnada, por alguém que um dia era apenas um amigo ou por um sonho de um futuro melhor para a sua família, constroem personagens e narrativas que nos fazem aprender e entender um pouco sobre o tempo e o universo em que cada um daqueles personagens viviam. E o diamante tendo a sua importância em cada momento.

10 comentários:

  1. Ganhei esse livro em um Top Comentarista e estou aguardando chegar. Não sabia nada sobre ele e estava querendo ler uma resenha.
    Ficou bem legal o livro ser dividido como se fossem contos, e é lindo o costume de outros países dos casais terem um anel de diamante S2
    Ótima resenha! Bjs <333

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Eu realmente não esperava gostar desse livro, mas, depois que li, adorei! Espero que você também goste :D

      Excluir
  2. gosto de livros assim que contam sobre pontos de vista diferentes,mas que se entrelaçam,quero muito ler esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, com certeza você vai adorar esse também :D

      Excluir
  3. Livros narrados com perspectivas diferentes, é dos meus preferidos! Até porque quando se têm apenas um ponto de vista, o leitor não abre muito a mente para refletir o porquê daquele ponto de vista. Vou ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, não são exatamente pontos de vistas diferentes, as histórias se entrelaçam, mas elas são totalmente diferentes. Você vai entender quando ler, mas acho que vai gostar da mesma maneira :D

      Excluir
  4. Fiquei c/ um pouco de duvida sobre qual relaçao o diamante tem nessas historias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro fala um pouco da história do diamante através das relações humanas. Que tipo de simbolismos ele carrega consigo e qual a importância que ele pode ter em um relacionamento. Além disso, a forma que uma simples pedra faz que com as histórias se entrelacem é fantástica :D

      Excluir