Maximum Ride: Projeto Angel

| 14 dezembro 2014 |
Max tem apenas 14 anos, porém, ela carrega uma responsabilidade muito maior do que a de qualquer adulto. Liderar outras 5 crianças e adolescentes com um dom muito especial e protegê-los daqueles que já muito os prejudicaram, pode ser um desafio e tanto, mesmo para alguém com a habilidade surpreendente de voar.

No primeiro livro da série “Maximum Ride” descobrimos que a escola pode ser um lugar muito pior do que qualquer um de nós imagina na infância. Para Max e seus amigos, a escola é um laboratório que lhes deu habilidades únicas, os tornou especiais, porém, a base de muito sofrimento. Torturas sem fim que os perseguiam diariamente.

Quando eles conseguiram fugir da escola, passaram a viver as suas vidas de forma muito mais feliz, porém, sempre fugindo de seus perseguidores, que fariam de tudo para ter os seus experimentos mais bem sucedidos de volta. Quando Angel, a criança mais nova e querida do grupo de Max é levada, só resta a eles voltarem para o lugar responsável pelos seus maiores pesadelos para tentar trazê-la de volta.

“Maximum Ride: Projeto Angel” consegue desenvolver a narrativa de forma que o leitor caia de uma vez no meio de uma história mirabolante, mas consiga, aos poucos, compreender e começar a se encantar por cada um dos personagens. Sem nem perceber, você não consegue mais largar o livro.

Max é uma protagonista muito interessante. Não há nenhum real motivo para ela ser a líder do grupo, para que ela seja considerada muitas vezes como uma mãe, mesmo sem ser muito mais velha que alguns deles, porém, esse papel se encaixa perfeitamente em suas ações, mesmo algumas delas sendo impensadas e inconsequentes.

Outros dois personagens que se destacam e me encantaram durante o livro foram Angel e Fang. Angel é a mais nova do grupo, com poderes ainda mais especiais e interessantes que os demais, encanta cada pessoa que cruza o seu caminho, inclusive os leitores, porém, podemos questionar em determinado ponto do livro o quanto ela é realmente uma criança fofa e o quanto são os seus poderes entrando em ação. Fang é poucos meses mais novo que Max, por esse motivo, praticamente o segundo no comando em seu grupo. Enquanto Max é mais divertida e espontânea, alguém que não pensa muito antes de agir, Fang consegue ser sério, mas não que isso esconda o seu carinho e total dedicação ao grupo. Alguém que às vezes age como a consciência de Max, para frear um pouco suas atitudes impensadas. Ou seja, eles são perfeitos juntos.

“Maximum Ride: Projeto Angel” foi um livro que, apesar de não me prender desde o começo, conseguiu com que eu me interessasse pela história até que, em um determinado momento, eu devorasse cada uma daquelas páginas. Agora, esperar ansiosamente por “Maximum Ride: Fugindo dos Homens-Lobo”, porque, agora que essa história me prendeu, não tem mais volta.

14 comentários:

  1. Oi Jana! Ultimamente estou lendo muitos livros da Novo Conceito, Projeto Angel me chamou atenção primeiramente pelo título. Gosto muito de fantasia e ficção, essa parece ser uma história interessante e como você disse, daquelas que não queremos largar mais. Ele já vai para minha lista que não é nada pequena rsrs
    beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas nossas listas intermináveis... hehehe
      Depois que você ler, nos conte o que achou Natalia :D
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Deve ser encantador mesmo cada pagina e leitura que se faz do livro.
    Vi o livro uma vez, mais nunca soube que a resenha me chamaria tanto a atenção.
    Gosto de livros envolventes e cheios de fantasias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, provavelmente, você vai gostar muito desse livro :D

      Excluir
  3. Amo quando um livro tem personagens que tem personalidades que fazem eles serem perfeitos juntos, como esse. Doida pra ler!
    E, Jana, você concorda com a frase que tem na capa, que diz que essa série é digna de fazer mais sucesso que Jogos Vorazes, apesar de serem bem diferentes?
    Amei a resenha! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, gostei do livro, mas acho essa frase bem exagerada, é legal, mas nem tanto assim... hehehe. Não me marcou a esse ponto, entende? Mas vale muito a pena ler :D

      Excluir
  4. Eu sou completamente apaixonada por série de fantasias e essa me cativou, adorei a história do livro Maximum Ride: Projeto Angel e com certeza devo amar o primeiro livro também. Eu nunca ouvi falar dessa série mas já ouvi falar muito bem do autor James Patterson. Já está na minha listinha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste dessa também :D
      Demora um pouquinho, mas o livro te prende mesmo!!!

      Excluir
  5. Oiiii
    Eu ja tinha ouvido falar do autor James Patterson,mas nunca tinha lido um livro dele.
    Agora esse eu vou ler ele bem rapido,fiquei louca de curiosidade
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que você tenha ficado com vontade de ler :D
      Depois nos conte o que achou <3

      Excluir
  6. Eu ja tinha ouvido falar desse livro mas nunca parei para ler uma resenha que explicasse melhor a narrativa e o enredo do livro, James Patterson é um ótimo autor e eu nao espero nada menos desse livro! Sempre gostei de livros de ficcao e esse nao vai me decepcionar! Amei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é realmente bem interessante. Eu acredito que ele não chame muita atenção no início, mas, a medida que a leitura avança, você não consegue mais largar :D

      Excluir
  7. nossa adorei esse livro o segundo já lançou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não :(
      Também estou ansiosa pelo lançamento :D
      Beijos!!!

      Excluir