As Batidas Perdidas do Coração

| 20 janeiro 2015 |
A morte sempre é um momento de sofrimento e aflição, porém, se o destino decide transformar um momento de dor em um encontro de duas pessoas destinadas a salvar um ao outro, podemos aprender que o amor pode curar qualquer ferida e trazer novamente a luz, mesmo para aqueles já julgados como perdidos.

Viviane e Rafael eram completamente opostos. Ele trabalhava em um bar, servindo bebidas e fazendo shows de enlouquecer as mulheres. Suas tatuagens eram apenas mais um indício que de ele estava bem longe de ser um príncipe encantado. Viviane era de uma família rica e tradicional. Tinha um namorado perfeito, que seu avô aprovava completamente, porém alguém que ela sabia que não amava. Ela nunca tinha perdido sequer uma batida de seu coração por ele.

Mas, se tem algo que é igual para todos, que em um determinado momento pode unir até pessoas em cantos opostos do planeta, é a morte. Ela chega para todos, trazendo o mesmo sofrimento e a mesma raiva. Viviane perdeu o pai no mesmo momento em que Rafael perdeu a irmã, os tios e um primo em um acidente de carro. Eles nunca teriam se conhecido se não fosse tamanho sofrimento, mas nunca teriam superado as perdas se não tivessem um ao outro.

A forma como o relacionamento de Viviane é Rafael se desenvolve é muito natural, e se encaixa perfeitamente na história. É comum ler em outros livros, duas pessoas com características semelhantes, que nunca se apaixonaram, e que repentinamente se apaixonam, sem nenhum respaldo, sem nada que realmente justifique aquela aproximação, porém, aqui é tudo tão bem escrito, tão bem desenhado que não tem como não acreditar no amor que eles sentem um pelo outro.

O amor pode ser algo incondicional, mas eu gostei muito de ler como a escritora colocou, em certos momentos, que os personagens também tem que amar a eles mesmos, também tem que pensar no que é melhor para sua própria vida. É muito mais real nós nos colocarmos a frente dos interesses de qualquer outra pessoa, do que sempre pensar no outro em qualquer situação. É impossível que alguém sempre deixe de lado suas vontades, seus desejos e sua felicidade pensando no ser amado. A relação dos dois é uma das mais reais que eu já tive o prazer de ler. Um começo totalmente satisfatório e justificável para que eles se conhecessem e se interessassem um pelo outro e a continuidade de sua relação sendo tratada como algo que aconteceria entre duas pessoas de verdade, com sentimentos e aflições reais. Realmente, nunca li nada assim.

Além disso, apesar da história girar em torno do amor dos dois, a morte está sempre presente. É ela que começa a história, que faz com que os protagonistas se encontrem, porém, quando alguém tem tantos sofrimentos em sua vida, às vezes é preciso muita força para seguir em frente, e nem sempre essa força está ao seu alcance. É necessário um choque muito grande de realidade para se ter a iniciativa de buscar ajuda e não sucumbir perante as perdas. A forma como a autora encontrou de criar elementos para criar um clímax realmente impactante, foi genial. Me fez começar a ler e não conseguir largar o livro até terminar.

“As Batidas Perdidas do Coração” é um livro que me impressionou de forma fantástica. Eu já tinha lido vários comentários positivos sobre essa narrativa, mas nada supera a experiência de ler a história de duas pessoas tão marcadas pela vida, com tantas barreiras em seu caminho, mas que conseguem encontrar no outro uma forma de seguir em frente. Ou aprendem a seguir em frente por eles mesmos, porque um dia conheceram alguém que valia a pena.

14 comentários:

  1. Ai meu Deus. Adorei. Eu já li e fiquei com o coração na mão... Ainda mais quando o Rafa e a Vivi descobrem o que perderam :/ Se tornou um dos meus favoritos do ano passado e estou louca pra ler o próximo com outro casal :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também :D
      Impossível não se apaixonar por essa história, né? <3

      Excluir
  2. Fui na livraria trocar uns livros que ganhei repetido ... E vi esse livro la não me interessou muito !!!
    Procurei resenhas sobre e não achei muitas ... Mas msm assim não achei graça.
    Mas depois de ler a sua senti um pouco de interesse em ler ...
    Vou le-lo e tirar as conclusões (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Bella, se você gosta de New Adult, não deixe de ler esse livro. É um dos mais bem escritos do gênero que eu já li. Realmente maravilhoso :D

      Excluir
    2. Jana, gosto bastante New Adult ... e ja que esta recomendado, vou ver se passo amanha na livraria e compro. quqando acabar de ler te aviso se gostei ou não !

      Excluir
    3. Que legal Bella!!!
      Vou ficar esperando a sua opinião :D

      Excluir
  3. Fiquei bem interessada há uns 2 meses. Ainda mais por ser nacional. Vivi e Rafa parecem personagens legais e no qual nos interligamos e sentimos as dores. E não parece mesmo forçado o relacionamento deles. A escrita da autora, parece bem fofa. Além de que é também, mais umas das resenhas, na qual leio elogios da autora. Espero poder ler, talvez nesse próximo mês.
    Abraços Jana,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim Thayna, esse livro superou muito as minhas expectativas, e eu espero que seja uma experiência de leitura maravilhosa para você também :D
      Beijos!!!

      Excluir
  4. O que achei mais lindo no livro é isso o que você disse Jana, sobre essas duas pessoas tão marcada pela vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo mesmo :D
      Esse livro foi uma surpresa maravilhosa. A história da Viviane e do Rafael foi realmente inesquecível <3

      Excluir
  5. Já estava doida pra ler esse livro, parece ser uma história super emocionante e essa resenha me deixou ainda mais ansiosa em conferi essa história linda de sofrimento e amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é um New Adult fantástico, Milena :D

      Excluir
  6. Já li é a Bianca virou uma das minhas autoras preferidas. Rafa e Vivi são tão humanos quanto você e eu. Adorei isso no livro e quero logo a continuação da história deles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou apaixonada por esse livro e louca pela continuação :D
      Beijos!!!

      Excluir