Uma Chance Para Recomeçar

| 13 janeiro 2015 |
Mark, ao perder a sua irmã, além de ter que lidar com a dor de perder alguém tão próximo, recebeu a responsabilidade de assumir a guarda de sua sobrinha, uma criança traumatizada com a perda da mãe. Maggie é uma viúva que tenta recomeçar a vida longe de todos que ela conhece, que tenta encontrar em seu novo negócio, uma loja de brinquedos, uma forma de escapar de todo o sofrimento que ela sentia. Unidos pela dor da perda, e pelo amor de uma criança que necessitava de uma família, Mark e Maggie descobririam juntos uma forma de seguir em frente.

Holly é uma criança meiga, uma personagem construída de forma a encantar o leitor e para unir os personagens principais em prol de sua felicidade. No começo do livro, quando sua dor ainda era muito grande, e nenhum bom incentivo tinha surgido, ela não falava, fato que tinha acontecido desde a perda de sua mãe, porém, isso não a impedia de encantar todos a sua volta.

Mark é perfeito desde o primeiro momento. Alguém que nunca tinha tido, ou desejado, ter uma responsabilidade em sua vida, mas, mesmo assim, recebe a sobrinha em sua vida de braços abertos. Mesmo que assumir uma criança seja a maior responsabilidade que alguém possa ter, ele a amou incondicionalmente desde o primeiro instante, e se adaptou de forma a nunca culpá-la por ter que mudar tão radicalmente seu estilo de vida. A relação deles é realmente uma das partes mais emocionantes do livro.

Maggie perdeu o seu marido já há algum tempo, porém a dor nunca havia partido. Ela resolveu se isolar, se afastar até de sua própria família para tentar se afastar também de sua própria dor, porém, apenas um novo grande amor poderia tirar aquela dor que ela carregou sozinha durante tanto tempo. E, um homem tão apaixonado e dedicado por uma criança, que ele nunca pediu para ter, só podia ser perfeito para isso.

“Uma Chance Para Recomeçar” é um livro de leitura fácil e rápida, mas encantador em cada página. Os personagens foram construídos cada um com suas próprias dores e traumas, de forma que pudessem se entender, ao mesmo tempo que podiam salvar um ao outro. Uma história simples, mas que vai tocar o seu coração. 

8 comentários:

  1. Eu realmente achei uma graça o enredo. A garotinha ter perdido a mãe também, o drama dele. Maggie parece que vai mudar a vida de Mark e de Holly. Ainda mais se passando em natal. Gostei. O complicado é o Mark já ter uma mulher. Mas enfim. Espero poder ler e ver as dores dos personagens.
    Abraços Jana,
    ThayQ.
    leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você goste. É um livro realmente fofo :D

      Excluir
  2. Oi, Jana!
    Realmente parece um livro encantador, lindo isso de uma criança unir duas pessoas com muita dor assim como ela.
    Ótima resenha! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lindo mesmo :D
      Espero que você goste.
      Beijos!!!

      Excluir
  3. Achei o livro uma fofura e também fiquei meio triste pela morte da mãe de Holly.
    Quero muito ler este livro desde o lançamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal :D
      Acredito que você vai adorar esse livro!!!
      Beijos!!!

      Excluir
  4. Gosto muito de livros com criança e se ela junta o casal melhor ainda, como sempre a sua resenha é maravilhosa parabéns. Esse livro merece uma poltrona e uma chícara de chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!!!

      Que bom que você gostou da resenha, espero que ame o livro :D

      Excluir