O Sétimo Filho

| 11 março 2015 |
John Gregory é um caça feitiço. Ele é responsável por lidar com seres sobrenaturais, como ogros e bruxas. Quando ele perde o seu último discípulo, o sétimo filho de um sétimo filho, morto por causa de uma bruxa que ele prendeu há muitos anos, mas que agora está à solta novamente, ele precisa encontrar um substituto que terá muito pouco tempo para aprender a lutar e derrotar esses seres que ameaçam a humanidade.

Ir para o cinema assistir a uma adaptação, sem ter lido o livro que a originou, é sempre uma experiência interessante. Quando você já leu o livro, todas as partes da narrativa sempre ficam claras, pois, mesmo que não esteja explicito, conhecer aquela história faz com que você entenda completamente qualquer questão. Mas, quando você não leu o livro, é bem marcante o quanto é possível perceber que certas passagens não são bem desenvolvidas, ou personagens não tão bem explorados, pela falta de tempo em si, problema corriqueiro em adaptações.

Quando Thomas Ward é escolhido para ser o novo discípulo de Gregory, ele deixa a sua família para aprender a ser algo que ele jamais imaginou. Ele parte levando consigo o colar de sua mãe, uma peça muito importante dada por ela, que deixa claro o quanto aquilo seria necessário para ele e que ela sabia mais do que estava revelando a princípio.

Ben Barnes interpreta o grande herói da história. Eu fiquei muito feliz e surpresa com a sua atuação nesse filme. Devo confessar que não acompanhei mais os seus trabalhos desde “As Crônicas de Nárnia”, portanto, foi gratificante ver a sua evolução como ator. Julianne Moore, maravilhosa como sempre, interpreta a bruxa Mãe Malkin, a grande vilã da história. E Jeff Bridges, interpreta o grande mestre Gregory. Um mestre sem paciência, que parece se aborrecer com cada um de seus deveres, mas que jamais abandonaria um inocente a sua própria sorte.

Fiquei com muita vontade de ler o livro, principalmente para ver a relação, de forma mais desenvolvida, de alguns personagens (espero não me decepcionar). No filme temos a história de amor de Tom e uma bruxa, que lhe ensina que nem todas as bruxas são más, ou não tão más quanto qualquer um de nós possa ser.


Amei o filme “O Sétimo Filho” e com certeza vou correr atrás dos livros. Acho que o filme cumpre bem o seu papel. Ele vai agradar quem não leu o livro e instigar novos leitores a irem atrás de suas histórias. Vale muito a pena assistir!

10 comentários:

  1. Não me agrado muito com histórias que possuem bruxas, mas quando gosto não tem jeito, amo! Também tô com vontade de ler o livro depois dessa resenha, a combinações de muita coisa que eu gosto como: fantasia, aventura, romance, etc.. me fez ficar ainda mais curiosa! A resenha tá incrível viu?!! Beijos! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Talita! Espero que o livro seja realmente bom :D
      Depois você e eu diremos o que achamos... hehehe

      Excluir
  2. Oiii
    To louca pra ver esse filme e agora que fiquei sabendo que tem o livro,mas não vou aguentar a curiosidade e vou ver o filme primeiro e leio o livro depois.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oie Jana!!
    Eu estou louquinho para ver esse filme, ele está em minha lista de quero ver! Hahahaha não vou negar que o que mais me chamou atenção no filme foi a Juliane Moore que esse mês esta em minha lista de filmes acho que 4 ou 5 vezes esse mês só da ela nos cinemas, mas a história também me chamou a atenção, espero que tenha uma arrecadação boa para que outros filmes sejam feitos (bom esse livro tem sequências né?) hahahah

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é o que a gente sempre torce em adaptações, né? :D
      Beijos!!!

      Excluir
  4. O sétimo Filho é o tipo de filme que eu gosto, com serie sobrenaturais mais com romance ... quero muito poder assistir e também vou procurar o livro pra saber mais sobre a história! Ele entrara para a minha coleção.

    ResponderExcluir
  5. Ahhh eu assisti o filme é perfeito *-* O Sétimo Filho sem palavras para descreve-lo. Sensacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei, agora, só falta ler o livro hehehe :D

      Excluir