Os Príncipes da Nova Geração

| 06 maio 2015 |
Muitas meninas cresceram imaginando encontrar um príncipe saído diretamente de um filme da Disney. Homens valentes, honrados, carinhosos e que fariam de tudo pela sua amada. Alguém que dedicasse a sua princesa amor incondicional. Porém, nos livros que lemos atualmente, os homens têm uma personalidade bem diferente. Eles nem sempre são bonzinhos ou honrados, mas também tem um charme que encanta e conquista quem está lendo.

Homens fortes, geralmente tatuados, que se metem em várias encrencas e, muitas vezes, gostam de tirar a mocinha do sério, são o novo modelo de príncipe encantado da atualidade. Um gênero que cresceu muito nos últimos tempos, e que traz uma avalanche de Bad Boys super atrativos com ele, é o New Adult, porém, não precisamos nos concentrar apenas nesse gênero para encontrar personagens com essas características.

Como não se encantar com um encrenqueiro como o Travis (Belo Desastre), um cara enigmático e com um passado sombrio como Lucas (Easy), um jogador que nunca se apaixonou como Jack (O Jogo Perfeito), um anjo, nem um pouco angelical, como Patch (Sussurro) e um caçador de sombras super sarcástico como Jace (Cidade dos Ossos).

Todos esses personagens citados, e muitos outros, passam muito longe das características tradicionais de um príncipe encantado, mas é impossível ler suas histórias e não se apaixonar por todo esse pacote de pura encrenca.

Ainda temos situações mais extremas. Eu tenho certeza que quase ninguém gostaria de ter um Christian Grey (Cinquenta Tons de Cinza) em suas vidas, mas é difícil ler o livro e também não sentir uma certa atração por alguém tão poderoso, intimidador e totalmente controlador. Quem leu os livros sabe exatamente do que eu estou falando.

É claro que ainda é encantador encontrar homens em livros que são fofos, românticos, que pensam em sua amada o tempo todo e acima de todas as coisas, porém, essa não é mais a única definição de “homem perfeito” para quem gosta de ler.

Nossos novos príncipes não precisam ser certinhos, românticos e fofos. Eles também podem ter qualidades antes reservadas somente aos vilões e, mesmo assim, se tornarem “encantados” para quem está lendo.

2 comentários:

  1. Dos príncipes bad boys listados só conheço o Jace, e ele é muito <3
    Ultimamente vejo tanta gente falando de Belo Desastre que tô precisando para ontem, e a fama do Travis vai longe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prepare-se, Giovana!
      O Travis também é arrebatador :D

      Excluir