Augustus Waters

| 13 julho 2015 |
Eu tive um momento de espanto ao perceber que o nosso querido Gus ainda não tinha sido escolhido para ser o nosso “Personagem da Semana”, mas nunca é tarde demais para se falar de um personagem tão especial.

Hazel pode ser a protagonista do livro “A Culpa é das Estrelas”, mas Augustus é a alma da história. Poderia ser apenas mais um livro sobre uma pessoa doente, porém, Gus conseguiu transformar algo que era para ser apenas uma história triste, em uma linda narrativa repleta de amor, momentos engraçados, cumplicidade e muita emoção.

Augustus é um personagem realmente especial. Ele é alguém forte, decidido e que não mede esforços para desfrutar a vida e realizar os seus sonhos. Ou os sonhos de pessoas especiais a sua volta. Ele é alguém que adora metáforas, portanto que a sua compreensão seja bem difícil, e que não se deixa abalar, mesmo em momentos em que outras pessoas já teriam desabado a muito tempo.

Como não amar alguém que, mesmo vivendo o momento mais difícil de sua vida, consegue segurar as pontas e até brincar com a sua própria morte. É impossível não amar o seu jeito divertido e cheio de amor de levar a vida, e não sofrer imensamente com o seu desfecho.

“Não dá para escolher se você vai ou não vai se ferir nesse mundo, meu velho, mas é possível escolher quem vai feri-lo. Eu aceito as minhas escolhas. Espero que a Hazel aceite as dela.”

12 comentários:

  1. O que eu gostei mais do Gus foi ele lidando com o livro favorito da Hazel e depois os dois vivendo a vida como podiam na Holanda!

    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
  2. EU.AMO.ESSE.CARA ♥ hahaha
    Ele é tão meigo, tão inteligente, tão... amável <3 Ele vê a vida de um jeito tão único, chega até a ser invejável. Queria ser mais como o August Waters... Eu acho que, por isso que a maioria das pessoas que leram ACEDE sofreram com o final do livro.

    ResponderExcluir
  3. Augustus é mesmo um personagem super especial, divertido e apaixonante, foi de cortar o coração o desfecho.

    ResponderExcluir
  4. Eu amei o personagem dele muito engraçado e divertido querendo ser importante e pra mim sim ele foi importante.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Jana!
    O Gus também me conquistou por mesmo esse seu jeito divertido mesmo estando perto da morte, e suas metáforas são <3
    Um abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Impossível não amar o Gus, né? :D
      Beijos!!!

      Excluir
  6. É o tipo de personagem que nos faz rir e chorar ao mesmo tempo </3

    ResponderExcluir