Sob o Céu do Nunca

| 25 novembro 2015 |
Ária vivia em Quimera, um lugar totalmente protegido dos perigos do mundo exterior. Quando, ao tentar encontrar sua mãe, que não fazia contato há algum tempo, ela acaba entrando em um lugar proibido e descobrindo fatos que ela não deveria saber. Ao ser expulsa de Quimera, ela achou que morreria imediatamente, porém, seu corpo incrivelmente sobreviveu ao mundo exterior e, encontrar o forasteiro responsável pela sua expulsão, poderia ser sua salvação, ou sua ruína.

Perry era um forasteiro com habilidades muito especiais. A primeira vez que ele viu Ária, salvou a sua vida. Na segunda, ele gostaria de matá-la, mas precisava dela viva se quisesse encontrar o seu sobrinho que havia sido sequestrado pelos Ocupantes. Agora, mesmo com objetivos muito distintos, eles tinham que unir as suas forças para alcançá-los.

“Sob o Céu do Nunca”, o primeiro livro da trilogia “Never Sky”, é exatamente aquele tipo de livro que eu amo antes de sequer começar a leitura. Só pela sinopse eu já sabia que esse seria mais um livro que conquistaria o meu coração e Veronica Rossi fez um trabalho excelente misturando gêneros pelos quais eu sou apaixonada. Distopia, ação, romance, sendo encenados por protagonistas maravilhosos, só poderia realmente ser um livro feito para mim.

Ária estava apenas tentando encontrar a sua mãe. A vida dela era perfeita, como a de todas as outras pessoas em Quimera. Sem riscos, sem preocupações, passando o seu tempo em Reinos virtuais onde tudo era possível, mas, com o desaparecimento de sua mãe, ela estava disposta a quebrar regras, a fazer algo que poderia comprometer a sua existência naquele lugar, o que realmente aconteceu.

Ela é uma protagonista maravilhosa. Alguém que nunca teve que lutar por nada em sua vida, mas soube ser valente e corajosa quando necessário. Que conseguia esconder sua dor, para não revelar as suas fraquezas, mas não tinha medo de revelar seus verdadeiros sentimentos, se essa fosse a sua vontade.

Perry é o primeiro forasteiro que conhecemos, e podemos descobrir logo de cara que ele não é o selvagem desalmado que deveria ser. Ele tem poderes muito especiais, consegue sentir as pessoas de forma única e tem ideias para salvar a sua tribo muito mais ativas do que as de seu irmão, porém, ele não é o Soberano de Sangue, e não será enquanto o irmão estiver vivo e, apesar de achar que poderia fazer muito mais por aquelas pessoas, amava demais o sobrinho para tentar algo contra o próprio irmão.

É muito interessante acompanhar o relacionamento de Perry com seu irmão e com seu sobrinho. Os irmãos realmente só suportam a presença um do outro pela criança, e algo palpável cresce entre eles a cada momento, como uma bomba prestes a explodir.

No momento em que Ária se vê sozinha, fora no único lugar seguro que ela já conheceu, e Perry precisa de algo que ajude a recuperar o seu sobrinho, o destino deles se cruza e uma relação realmente fantástica começa a surgir. A autora foi genial em criar a relação dos protagonistas, como ela escreveu de forma natural aquele relacionamento, começando com ele sendo baseado apenas em ódio, depois com um apenas quase suportando o outro, até eles começarem a se ver como aliados, amigos, e algo mais. É muito importante você saber passar para o leitor todas as nuances e mudanças de um relacionamento, de forma natural. Essa vai ser a exata diferença entre os personagens encantarem/arrebatarem o leitor ou simplesmente fazê-los ficar meramente interessados. Eu, com certeza, fiquei encantada com os protagonistas dessa história maravilhosa.

“Sob o Céu do Nunca” foi uma leitura incrível. Adorei conhecer Ária e Peregrine, vê-los conhecer um ao outro e superando as dificuldades que surgiam. Realmente espero que o próximo livro seja lançado logo, esse vai ser um daqueles que eu vou ficar contando os segundos para finalmente ler.

12 comentários:

  1. Jana!
    Gostei muito de toda trama que envolve o enredo, me parece um livro bem escrito e com personagens fortes que aguçam ainda mais a curiosidade em poder lê-lo.
    ”Uma vida sem desafios não vale a pena ser vivida.”(Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei esse livro :D
      Espero que você ame também.
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Oi Jana!
    Eu amei a história desse livro sem falar que a capa é maravilhosa. Não conhecia essa trilogia mas agora eu já to louca pra lê-la. Sob o Céu do Nunca é o único livro traduzido aqui para o Brasil?
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Edmere :D
      Eu gostei bastante dessa história.
      A Rocco está relançando esse livro, que foi lançado anteriormente como Never Sky, mas, por enquanto, temos apenas esse </3
      Beijos!!!

      Excluir
  3. Oiii,eu conheci esse livro no evento #FanaticosRocco que teve aqui em Belém,e logo quando disseram "distopia" eu só pensei "kero". É um dos gêneros que amo,e ainda tem romance que também <3 Achava que ia encontrar ele barato na black friday mas fui otária :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não achei todos os livros que eu queria por um bom preço :(
      Mas, esse vale muito a pena (quando estiver com um preço bom hehehe)
      Espero que você goste :D
      Beijos!!!

      Excluir
  4. Gostei bastante de Sob o Céu do Nunca, principalmente por misturar a distopia e a ação. Ária me pareceu mesmo uma personagem forte, o que mais me impressionou nela foi que a autora a construiu de uma forma corajosa e lutadora, aquela que vai atrás de seus objetivos, mesmo vivendo em paz, a personagem soube o que fazer para reconquistar a mãe. Perry também não fica para trás, sendo um personagem sincero e cauteloso. Gostei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é genial?
      Também amei esse livro :D
      Beijos!!!

      Excluir
  5. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, curto muito essa misturando de gêneros, distopia, ação, romance e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais interessada em conferi essa história que parece ser ótima.

    ResponderExcluir