Delícia, Delícia

| 04 agosto 2016 |
Leilane trabalhava em um restaurante muito importante em Nova York e sua carreira decolava de forma impressionante, exatamente por essa razão, foi um choque para todos quando ela decidiu abandonar tudo para abrir uma loja de Cupcakes na remota Ilha de Sugarberry.

Ela estava muito feliz com a sua atual situação, até descobrir que Baxter Dunne, seu ex-chefe, o homem que lhe ensinou muito do que ela sabia, que tinha lhe dado grandes oportunidades e por último, mas não menos importante, aquele que não saia de seus pensamentos, filmaria a próxima temporada do seu programa de culinária na sua pacata ilha.  Nesse momento, o mundo de Leilane, que tinha entrado em uma agradável e estável rotina, virou de cabeça para baixo, e não poderia ser diferente. O “Chef Hot Cakes” (que faz jus ao “Hot”), estava de volta a sua vida e ela mal podia começar a imaginar o motivo, mas tudo o que ela sentia voltou com força total, e ela não estava preparada para esse reencontro ou os sentimentos que viriam com ele.

Como diz a capa do livro “Ficar na cozinha nunca foi tão gostoso”. Donna Kauffman tem uma escrita fluida, daquelas que conquista o leitor e faz com que ele termine o livro rapidamente, terminando, é claro, com aquela vontade de “Quero Mais”.

Leilane é uma personagem tremendamente insegura. Ela tenta, com todas as suas forças, mesmo sem perceber, passar despercebida, não ter grandes emoções e nem se arriscar em algo que possa machucá-la. Quando o único homem que ela realmente amou volta a sua vida, mesmo após uma declaração clara que seus sentimentos eram recíprocos, seu medo de se machucar criou um escudo que só alguém realmente muito apaixonado poderia quebrar.

Baxter é um personagem fenomenal. Ele consegue ser sexy, ao mesmo tempo em que transborda sentimentos. Ele não tem medo de dizer o que sente e viver o presente. Se o seu passado difícil moldou a sua personalidade, fez com que ele não deixasse as oportunidades passassem, e estivesse sempre disposto a correr atrás da sua felicidade, mesmo que fosse em uma pequena ilha na qual ele jamais imaginou que pudesse pisar um dia.

A capa do livro ficou sensacional. A prova perfeita que um livro com um conteúdo romântico mais quente não precisa ser vulgar. Achei linda. A diagramação, como sempre, está impecável.

“Delícia, Delícia” é a combinação perfeita entre um livro romântico e literatura hot. Apesar dos dilemas do casal, apesar da separação parecer rondá-los a todo momento, não é uma narrativa dada a enrolações ou cenas desnecessárias. Amei esse casal, tanto quanto eu gosto de comer Cupcakes, que, aliás, por vários momentos me deixaram com água na boca.

Um livro tão doce, quanto sensual. De dar água na boca em vários sentidos. Um casal com uma química perfeita na cozinha e ainda mais fora dela. Baxter e Leilane vão te fazer ficar morrendo de vontade de ir para cozinha, e descobrir todos os sabores fantásticos que nos são apresentados nesse livro.

Visite o site da Editora Valentina

6 comentários:

  1. Achei impressionante o que acabei de ler como tudo gira em torno da vida da personagem, adorei a capa muito criativa lindo lindo mesmo. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você também ache esse livro uma delícia... hehehe
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Estou doida pra ler esse livro, curto muito quando na história o personagem cozinha, adoro culinária, parece mesmo ser de dar água na boca em vários sentidos e essa resenha me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, então, tenho certeza que você vai amar tanto quanto eu *o*
      Boa leitura :D
      Beijos!!!

      Excluir
  3. Oiii
    tenho uma curiosidade em ler esse livro e quanto mais resenhas vejo mais ela aumenta.
    Amei essa capa.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai achar essa história uma Delícia :D
      Beijos!!!

      Excluir