A Garota do Cemitério – Livro 1: Os Impostores

| 27 fevereiro 2017 |
Ela não tem um nome e não se lembra de absolutamente nada que aconteceu em sua vida. Sua única certeza, ao acordar em um cemitério, é que alguém deseja matá-la. Ela precisava de abrigo, novas roupas e um nome, qualquer um que fosse, para que algo fizesse sentido. Em uma das lápides, havia um nome que poderia usar como seu, até que ela descobrisse como havia parado naquele lugar e quem queria acabar com sua vida. A partir daquele momento, ela seria Calexa.

Morar em um cemitério e ver almas já seria complicado o suficiente, mas tudo poderia piorar. Calexa testemunha um assassinato, concebido por um bando de jovens, porém, a alma da vítima, sem ter para onde ir, se instala do corpo de Calexa. Agora, ela tinha a mente repleta de lembranças, que não eram dela, e a missão de revelar os assassinos, para que aquela alma finalmente pudesse descansar em paz.

“A Garota do Cemitério” é a primeira HQ (história em quadrinhos) publicada pela Editora Valentina. Apesar de não ter o costume de ler esse tipo de histórias, estava muito animada para ter essa experiência, pois a história é de Charlaine Harris, uma autora que eu admiro muito e Christopher Golden. Eles conseguiram criar uma narrativa enigmática e intrigante com uma protagonista sem passado, com medo de seu futuro e que se envolve em situações que ela mesma não consegue entender.

Para completar esse trio genial, temos a arte fantástica de Don Kramer. Que trabalho visual incrível temos nessa obra! Ilustrações fantásticas, muito bem finalizadas, personagens, enquadramentos, cores e diagramação, todos pensados para que o leitor realmente mergulhe na história de Calexa, em seus dramas e entenda com precisão toda a angústia que é acordar um dia, em um lugar que ninguém desejaria acordar, sem nem ao menos saber quem é.

Por ser uma história em quadrinhos, é possível ler rapidamente, mesmo prestando atenção em cada imagem, e ter um filme fantástico passando em sua cabeça. Calexa nos apresentou ao seu mundo com perfeição nesse primeiro capítulo de sua jornada, porém, também nos deixa ansiosos pelos próximos, para desvendarmos o mistério que envolve a protagonista.

“A Garota do Cemitério – Livro 1: Os Impostores” foi uma experiência muito interessante, mesmo para alguém que não esteja tão familiarizado com esse mundo de histórias em quadrinhos. Pode ser uma forma diferente, mas tão fantástica quanto um livro, de se contar uma história. Mal posso esperar para conhecer as verdades escondidas dentro desse cemitério.

12 comentários:

  1. Achei linda essa capa e fiquei impressionada com a bela criatividade da editora fazer algo para dar uma ótima renovada ainda penso em comprar para ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, Marília :D
      Depois me conte o que achou.
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Jana!
    É a primeira vez que vejo um HQ com história de terror e thriller psicológico e fiquei bem interessada pela leitura.
    Feliz em ver que as editoras tem investido nos HQs.
    Bom carnaval e moderação, hein?
    “Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei, Rudy! Espero que você goste também :D
      Beijos!!!

      Excluir
  3. Oi Jana,sou do tempo em que liamos histórias em quadrinhos, mas com um tema bem infantil.
    Mas neste estilo(HQ),é novidade para mim.
    Bem,adorei essa historia!
    E fiquei com pena da" Calexa"...Mas sei que ela vai proporcionar muitas aventuras.

    ResponderExcluir
  4. A Darklove é um dos selos preferidos meus, pois acho uma edição mais linda que a outra e muito muito delicada essa capa, achei uma das mais bonitas que encontrei até agora, lembra aquelas ilustrações estilo pinterest! Muito amor na capa, e sou a louca das capas! Além disso a sinopse já me encanta, amo livros com drama e drama dentro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Adriana :D
      Depois me conte o que achou.
      Quando for procurar pelo livro, ele é da Editora Valentina, ok?
      Beijos!!!

      Excluir
  5. Olá, Jana.
    Não sabia que a Valentina estava publicando HQs. Achei bem legal. Não sou muito fã, mas de vez em quando pego emprestado do meu sobrinho. Achei essa bem interessante e vou falar para ele comprar para me emprestar hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs, ótima ideia, Sil :D
      Tenho certeza que os dois vão gostar.
      Beijos!!!

      Excluir
  6. Oi, Jana!
    Muito legal a Editora Valentina começar a publicar esse formato também! Reconheci o nome da autora logo pela divulgação dessa HQ, ela é realmente muito querida por muitos leitores, e interessante mesmo a premissa desse primeiro volume. Já é angustiante ler sobre um personagem sem quaisquer memórias de si própria ou de sua vida, mais ainda se ele acordar dentro de um lugar sombrio como um cemitério, então. Não é uma leitura que me chame a atenção no momento, já que tenho uma pilha considerável por ler ainda aqui, mas em um outro momento, quem sabe? ;)
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ele entrar na sua "listinha" me avise rsrs
      Beijos!!!

      Excluir