Boston Boys

| 08 fevereiro 2017 |
Ronnie talvez fosse a única garota que não suportava a série Boston Boys, assim como os integrantes do grupo que protagonizavam o programa. Ela não entendia como todas as adolescentes se descabelavam por eles, porém, suas diferenças não parariam por aí. Quando ela descobre que sua mãe é a produtora do programa e que o vocalista do grupo, Mason McDougal, viria morar em sua casa, o que seria o sonho de qualquer fã, foi o começo da maior reviravolta de sua vida.

Ser odiada por todas as garotas que morriam de inveja da sua situação, virar personagem do programa, lidar com atrizes geniosas e fãs obcecadas, não era nada perto do quer Ronnie estava vivendo ao conviver com Mason todos os dias. Em casa, na escola, no estúdio (onde ela era constantemente obrigada a aparecer), ele sempre estava presente para fazê-la sua escrava pessoal para mantê-lo abastecido de limonadas, aguentar o seu gênio de astro, além de fazê-la gostar dele mais do que ela deveria.

Ronnie pode ter começado sua história detestando os Boston Boys, porém, eu já estou completamente apaixonada por eles. A autora, Giulia Paim, criou personagens muito carismáticos, engraçados, em um livro leve e despretensioso, porém, que você não consegue largar nenhum minuto.

A protagonista é uma pessoa geniosa, ao mesmo tempo em que consegue ser muito generosa. Apesar de não querer admitir o quanto aquele trio havia mudado a sua vida, para melhor, também conseguia fazer, mesmo que do seu jeito torto, com que eles se sintam queridos, e talvez até amados, realmente como em uma família, principalmente para um deles, que nunca teve uma referência tão sólida do que é fazer parte de um verdadeiro lar.

Mason pode fingir ser um astro um tanto metido e esnobe, mas no fundo é alguém com um coração enorme, sempre pronto para colocar mais alguém ali dentro. Seja uma mãe/produtora honorária, uma irmã caçula que sabe exatamente o que quer, ou uma certa garota que o trata diferente de qualquer outra pessoa, como se ele fosse apenas um garoto normal, Mason pode disfarçar o quanto for, mas, no final das contas, sempre demonstra o que realmente sente.

Além dos dois personagens principais, tanto os demais membros da banda, a irmã caçula de Ronnie, a mãe e Karen, a grande rival da protagonista, também conseguem roubar as cenas durante a narrativa. Aqueles momentos que vão se desenvolvendo quase nos bastidores, mas que nós também ficamos enlouquecidos para saber que rumo irão tomar. São todos esses detalhes juntos que, mesmo em um livro tão leve, constroem uma grande história.

“Boston Boys” é um daqueles livros adolescentes para todas as idades. Vai te fazer rir, te fazer torcer pelos protagonistas, em certos momentos até por aqueles que você não gostou a princípio e, sem perceber, chegará as últimas páginas, querendo que aquele programa não acabe nunca mais.

16 comentários:

  1. Queria saber como essa história toda vai acabar porque uma garota geniosa não é bem fácil de imaginar como ela vai acabar aceitando tudo muito divertido esse livro.
    Até mais!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixe de descobrir, Marília :D
      Depois me conte o que achou.
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Olá, Jana.
    Não conhecia esse livro ainda. Não gostei muito dessa capa porque não sou fã dessa cor hehe. Mas achei a história bem interessante. Esse livro deve ser ideal para ler depois de um livro mais denso. Acho que no lugar dela eu ia ficar louca e reagir da mesma maneira hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Sil!
      Com certeza, é um daqueles livros super levinhos e simples, mas muito fofos.
      Depois me conte o que achou.
      Beijos!!!

      Excluir
  3. Jana!
    ainda não tinha ouvido falar no livro e gostei muito, porque gosto de me divertir com leituras adolescentes, onde posso rir e acompanhar as 'aventuras' dos protagonistas que dizem uma coisa e agem de forma totalmente diferente.
    “Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.” (Guimarães Rosa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, tenho certeza que você vai gostar desse livro <3
      Beijos!!!

      Excluir
  4. Adoro quando a junção dos personagens se transformam em uma história maravilhosa. Amo a história de Boston Boys e sempre me interessei em ler. Parece ser divertido e bem leve, para adolescentes começarem a ler e todos conseguirem passar a tarde lendo um bom livro. Gosto de personagens que parecem fortes, mas conhecemos a fundo seus sentimentos e descobrimos seus pontos fracos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal :D
      Essa história é encantadora.
      Beijos!!!

      Excluir
  5. Oi Jana. E não é que só de ler a resenha fiquei com muita vontade de ler o livro?!
    Algumas histórias juvenis são tão leves e envolventes,que simplesmente não dá vontade de parar de ler.
    Sem contar a pena que sentimos, quando uma história assim termina.
    Quero conhecer os integrantes dessa banda e matar minha curiosidade sobre o relacionamento de Mason e Ronnie.

    Mais um desejado! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz com isso, Jana :D
      Depois me conte o que achou.
      Beijos!!!

      Excluir
  6. Oi, Jana!
    Tenho vontade de ler esse livro desde a versão independente publicada pela autora. Por mais que esse clima de astro musical com fã/garota normal é bem clichê, mas quem disse que não gosto de clichês? Amo-os demais, na verdade, haha, e mal posso esperar por poder conferir essa duologia ainda esse ano, ainda mais contando com a sequência já lançada, o que facilita mais ainda, hehe. Quem nunca sonhou em viver uma situação como a da Ronnie, afinal, não é mesmo? Ótima resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu iria amar viver algo assim, Sâmmy :D
      Beijos!!!

      Excluir
  7. não conhecia esse livro
    e provavelmente deixaria passar se o visse numa livraria, fiquei curiosa. mas não sei se leria pois minha lista tá tão grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você tenha a oportunidade de ler, Mariana :D
      Beijos!!!

      Excluir
  8. Não sou muito de ler livros com uma temática tão adolescentes, gosto mais de livros mais densos, acho que esse om certeza vou indicar para minha sobrinha (que está nessa fase difícil da vida). hihih, mas achei bem interessante

    ResponderExcluir