Ser Feliz é Assim

| 19 maio 2017 |
Um e-mail pode virar a sua vida de ponta cabeça? No caso de Ellie, sim. Após receber um e-mail, por engano, ela começa a se corresponder com um garoto que ela conhecia apenas como G. Eles trocavam confidências e ela contou grande parte de suas angustias para ele. Um dia, quando uma equipe de filmagens chega em sua pequena cidade para gravar um filme, Ellie fica chocada ao descobrir que G. era ninguém mais, ninguém menos que Graham Larkin, um astro de Hollywood e protagonista do filme.

Esse livro é a coisa mais fofa de se ler. A autora, Jennifer E. Smith, já tinha me encantado com o livro “A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista”, mas agora eu tenho a certeza da sua capacidade de criar histórias simples e transformá-las em páginas de puro encanto.

Graham não tinha muito contato com os pais e vivia um momento em que, quando estava longe dos holofotes, ele estava sozinho. Se corresponder com Ellie era um dos melhores momentos de seu dia, por isso decidiu conhecê-la. Após convencer a equipe de filmagens a filmar na pequena cidade da garota, sabia que não seria difícil achá-la. O que ele não sabia, é que difícil seria ele convencê-la de que eles poderiam ser, ao menos, amigos.

Ellie era a filha bastarda de um político muito importante. A mãe havia sofrido muito na época de seu nascimento, por ter um caso com um homem casado, com uma intensa vida pública, que resolveu se mudar para uma cidadezinha distante, onde elas poderiam viver em paz, recomeçar. Para Ellie, se envolver com Graham envolveria impressa e, consequentemente, tudo aquilo que afligiu a mãe por tantos anos.

Graham e Ellie são protagonistas apaixonantes. Ele pode ser um astro, mas é de uma simplicidade e simpatia que, por mais que Ellie precise, não consegue ficar longe dele. Ellie tem seus sonhos, como fazer um curso muito mais caro que sua mãe poderia pagar, ir para uma boa faculdade, mas, o que ela mais quer, mesmo que não admita, é conhecer o pai. Ambos sentem falta de parte da família, e encontram um no outro alguém para completar algo, que talvez nem soubessem que estava incompleto.

A autora foi muito feliz em fazer com que eles já se conhecessem, antes de realmente se encontrarem pela primeira vez. Eles eram sinceros por e-mail, como não eram com ninguém em suas vidas. Isso criou um laço que já não podia ser desfeito, mesmo que Ellie quisesse muito que isso acontecesse. Apesar de viverem em mundos completamente diferentes, eles se conheceram como iguais e desenvolveram um afeto que não poderia mais ser quebrado, nem pela distância, nem por classes sociais, nem pela impressa ou desejo do anonimato.

“Ser Feliz é Assim” é tão meigo e encantador que, quando o livro termina, ficamos com aquele gostinho de “quero mais”. Quando encontramos um casal com uma química tão perfeita, não queremos que aquele momento acabe. O livro é perfeito, tanto do ponto de vista de Graham, quanto de Ellie, e só é possível torcer para que eles fiquem juntos... até a última página.

9 comentários:

  1. Oi, Jana!
    Que resenha linda!
    Não conhecia esse livro e nem o anterior da autora, mas já fiquei motivada a fazer a leitura. Por tudo que você comentou, tenho certeza de que deve ser uma leitura encantadora.
    Leituras assim, são realmente imperdíveis!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me conte o que achou, Márcia.
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Olá Jana, tudo bem?
    Que gracinha de livro, já queria ler A Probabilidade Estatística de Amor a Primeira Vista e agora quero ler este também. Pelo jeito é daquelas histórias que nos deixam com o coração quetinho né?! Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei tão encantada com os dois livros, Lara.
      Realmente não achei que fosse gostar tanto.
      Espero que você se encante também.
      Beijos!!!

      Excluir
  3. Oi Janaína!!
    Achei a história super descontraída e me pareceu divertida e vou querer conhecer com certeza.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Jana! Esse livro já está na minha lista de leitura faz tempo e agora depois de ler essa resenha fiquei ainda mais curiosa em conferi essa história que parece apaixonante.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você também se encante por esses personagens lindos <3
      Beijos!!!

      Excluir
  5. Jana!
    Já gostei porque o plot do livro é bem pareceido com o filme "Um Lugar Chamado Notting Hill", só que no filme, a protagonista é que é famosa e não ele.
    Quero ler, pois deve ser um livro delicinha.
    Desejo uma semana tranquila!
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir