Beleza Perdida

| 02 julho 2017 |
Fern não tinha nada de especial, ou ao menos era isso que ela imaginava. Por ser pequena, usar aparelho nos dentes, e ter uma juba vermelha na cabeça, nem um garoto olharia para ela, muito menos Ambrose Young. Ambrose era o melhor lutador de sua escola, já tinha uma bolsa garantida em uma faculdade prestigiada, grandes amigos sempre o acompanhavam e um rosto que poderia estampar cartazes de cinema. Porém, uma simples escolha pode mudar a vida de qualquer pessoa, destruir tudo aquilo que você acredita, fazer você não se reconhecer mais, olhando no espelho, ou para dentro de si mesmo.

Ambrose resolve servir no exército e convence seus melhores amigos a acompanhá-lo nessa jornada. Faltando poucos meses para que o seu serviço terminasse, eles são atingidos por uma bomba e apenas Ambrose consegue voltar para casa, mas, muito do que ele era antes, morreu com os seus amigos.

Alguns livros conseguem tocar realmente o nosso coração, encher nossos olhos de lágrimas e impactar as nossas vidas. Amy Harmon começa a sua narrativa contando uma história adolescente, com direito a troca de cartas, bailes, escolhas sobre o futuro, mas em momento algum você imagina o quanto aquela simples narrativa pode crescer e acabar com todas as suas estruturas.

Quando Ambrose volta para casa, ele não é mais o mesmo. Seu rosto está desfigurado, e ele não quer que as pessoas vejam o monstro que ele encontra todos os dias ao se olhar no espelho. Seu coração está tomado de tristeza, remorso e raiva pela perda dos seus amigos, que ele mesmo convenceu a partirem com ele, mas que nunca tiveram a oportunidade de voltar.

Fern sempre amou Ambrose, e não apenas por causa de seu rosto perfeito, aquele era apenas um bônus para alguém de coração tão grande que amava seus amigos acima de todas coisas, escolhera ficar com o pai que o havia criado, mesmo tendo a oportunidade de morar com seus pais biológicos em uma grande cidade com todo o conforto possível, que escrevia poesias e citava Shakespeare. Para ela, foi fácil e simples superar todo o sofrimento que ele carregava na face e tê-lo novamente em seu coração. Para Ambrose, era praticamente impossível entender como alguém poderia amar o monstro em que ele havia se transformado.

Esse livro conta a sua história através de personagens muito fortes, que realmente têm uma justificativa plausível por traz de cada uma de suas ações, que sofrem, amam, desejam e choram com toda a felicidade e dor que um coração pode suportar.

A protagonista, apesar de ter ser tornado uma bela mulher e não acreditar nesse fato, tem o seu coração como sua principal personalidade. Ela cuida do primo com um carinho e dedicação emocionante. Apesar de terem a mesma idade, Bailey sofre de uma doença degenerativa, o que requer muitos cuidados, pois ele mal consegue mexer alguma parte de seu corpo, mas seu raciocínio rápido, comentários sarcásticos e sonhos o torna um personagem muito especial, protagonista de cenas emocionantes, que nos fazem repensar a vida, nossas escolhas e motivos para reclamar do mundo.

“Beleza Perdida” está longe de ser uma simples história de amor. Esse livro fala sobre perdas, sofrimento e dor, e como tudo isso pode ser transformado em saudade, carinho e amor. Aqui nós podemos realmente ver que o que importa é o que está dentro de nós, e nessa narrativa isso não é apenas da boca para fora. Uma obra emocionante, tocante, que mostra o quanto é importante estar ao lado e amar as pessoas que realmente se importam com você, seja no plano físico, ou apenas nos nossos pensamentos.

6 comentários:

  1. Olá Jana, li esse livro há um tempinho atrás em ebook. E também me emocionei bastante em alguns trechos do livro.
    Mas teve uma parte que fiquei literalmente de coração partido...

    Para quem gosta de uma trama cheia de reviravoltas e cheinha de lições, esse livro é perfeito!
    Eu achei! :)

    Boa indicação!

    ResponderExcluir
  2. Já li esse livro e só tenho a dizer que sou completamente apaixonada por essa história.
    Me prendeu do inicio ao fim. Perdi várias batidas do coração e me emocionei demais.
    É uma história muito bem construída, envolvente e com muito amor envolvido.
    Indico para todos, vale super a pena a leitura <3
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jana!
    Já fiz a leitura desse livro e me apaixonei pelos personagens e enredo. Faz a gente refletir em relação a vida, as amizades e como devemos amar e respeitar as pessoas pelo que elas são em seu interior! Essa é uma leitura que sempre recomendo. Me marcou bastante e amo ter esse livro na estante.
    Linda resenha! Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Jana!
    Tenho o livro aqui e espero poder fazer a leitura em breve, porque além de uma história de amor verdadeiro, acredito que traga várias lições de vida em suas entrelinhas.
    Um maravilhoso final de semana!
    “Não saber é o que torna nossa vida possível.” (Lya Luft)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa, esse livro já está na minha lista de leitura faz tempo, essa sua resenha me deixou ainda mais curiosa em conferi essa história que parece mesmo ser super emocionante e além disso traz importantes lições de vida.

    ResponderExcluir
  6. Oiee!
    Como é gostoso suspirar por um livro que a gente leu e gostou muito, né? Já vi esse livro em alguns blogs,mas ainda não tinha me interessado em ler uma resenha sobre,porém a sua me deixou muito curiosa e empolgada, já quero o livro como próxima leitura. Agora só falta adquirir, pois parece ser um livro bem tocante.
    Bjs!

    ResponderExcluir