O Coração da Fera

| 23 julho 2017 |
Savannah viu sua carreira de jornalista chegar ao fundo do poço após publicar uma matéria citando pessoas muito importantes, porém, sua fonte só havia lhe passado informações falsas. Ser demitida e ter que voltar para a casa dos pais, em uma cidadezinha perdida no mundo, talvez fosse o fim de todos os seus sonhos, porém, uma ligação poderia mudar a sua vida e apresentá-la a alguém que mudaria completamente o seu modo de ver o mundo.

Estilo de vida não era exatamente uma área sobre a qual ela gostaria de escrever, mas era a opção que ela tinha no momento para retomar a sua carreira. Eles queriam algo emocionante para publicar, então, o que melhor seria que um herói de guerra que voltou para sua cidade ferido, totalmente deformado, que se mantinha preso em casa há anos? Savannah sabia que essa seria a matéria perfeita, mas teria que enfrentar toda a resistência de Asher Lee, além de todos os seus medos de voltar a interagir com um ser humano e, quem sabe, encontrar mais que uma matéria naquela mansão distante, isolada e parada no tempo.

Que livro mais encantador! Partir da premissa de um conto de fadas pode ser algo muito perigoso. Já temos uma grande história em mente, algo encantador por si só, e, quando lemos um livro com uma narrativa assim, esperamos algo que também vá nos fazer suspirar a cada página. “O Coração da Fera” é um livro que nos apresenta essa premissa, mas as semelhanças param por aí.

Nessa história, temos um homem de bom coração, que nunca fez nada de errado, muito pelo contrário, foi ajudando os seus companheiros durante a guerra que ele sofreu sérios ferimentos, quase não sobreviveu. Seu rosto, totalmente mutilado, era algo assustador, repulsivo, que o lembrava o que ele havia se tornado cada vez que se olhava no espelho. Ele não queria, ou não tinha coragem, de se expor para outras pessoas, ver os seus olhares de espanto, perplexidade e pena. A sua decisão foi se exilar dentro de sua própria casa, como sua governanta e seus livros, até que uma certa repórter apareceu em sua vida.

A relação de Savannah e Asher foi uma das coisas mais lindas que eu já tive a oportunidade de ler. Estamos tão acostumadas a ler sobre personagens masculinos perfeitos, fortes, sem praticamente nada de errado na sua aparência que, encontrar alguém que vai na contramão de todos esses estereótipos é genial.

Savannah se espantou ao ver Asher pela primeira vez, mas foi controlada o suficiente para não deixar transparecer suas impressões. Ele, sempre na defensiva, usando até mesmo a grosseria para isso, não pode deixar de notar que ela realmente se interessava por quem ele era, não pela sua aparência, mas por aquilo que estava em seu interior. Foi realmente lindo de se ler Asher querendo voltar à vida, voltar a estar com pessoas, voltar a ter seu lugar no mundo, por tudo o que Savannah havia despertado dentro dele.

“O Coração da Fera” é uma narrativa que fala realmente sobre o coração das pessoas, muito além de suas aparências, algo que estamos muito acostumados a ler em outros livros. Ver a protagonista se apaixonar por Asher foi uma experiência diferente, fenomenal. É diferente quando alguém diz que gosta de ver o outro sorrir, quando esse sorriso vem de um rosto totalmente fora dos nossos padrões de beleza. Nesse livro, o que é estampado realmente é o amor puro e real, sem levar em conta qualquer padrão de beleza.

5 comentários:

  1. Parece ser uma história linda, profunda, emocionante e demais de apaixonante.
    Nem li ainda, mas por sua resenha, já fiquei completamente encantada pelo Asher rs.
    Gosto bastante de releituras, principalmente de A Bela e Fera.
    Fiquei curiosa e animada pra saber o desfecho da história de Savannah e Asher. Parece ser um romance de tirar o fôlego.
    Não conhecia a obra ainda e já anotei a dica aqui :)
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  2. Nossa,esse livro parece contar com uma história de amor linda mesmo!
    Amar alguém que parece perfeito é fácil. Mas amar a essência, a verdadeira alma,que é lindo de se ver e difícil também de encontrar.
    Realmente a história parece fugir completamente dos livros de romance que habitualmente lemos.

    Gostei da capa,da trama e claro,de sua dica!

    Pretendo ainda ter a oportunidade de ler. :)

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Já me apaixonei pela história e personagens. Não sou muito de ler romances, mas alguns tocam meu coração de todas as formas. Essa história me lembrou um pouquinho do livro Beleza Pedida, que amei fazer a leitura.
    A indicação já vai para a lista. Obrigada!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Jana! Nossa não conhecia esse livro, que história linda e super emocionante, essa resenha me deixou bastante curiosa em conferi isso tudo que foi dito aqui, preciso desse livro pra ontem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Jana!
    Confesso que vejo muitos releituras de A Bela e a fera, mas essa é uma que nem sabia existir, nunca li nenhuma resenha em lugar nenhum e nem conhecia o livro.
    Fico bem feliz em ver que o livro aborda não a aparência, mas o que vai no coração das pessoas e isso por si só, j´pa merece uma leitura.
    Bom final de semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir