O Refúgio do Marquês

| 28 julho 2017 |
Caroline era uma jovem viúva, sem recursos e que, apesar de carregar um título, tinha esperanças que sua parente distante, a marquesa viúva, pudesse lhe arranjar alguma ocupação que a fizesse colocar comida na mesa, sem ter que se render a outro casamento infeliz. Henrik, o Marquês de Bridington, era um homem que há muitos anos havia deixado a sociedade e considerava sua vida uma maldição, a qual ninguém merecia se sujeitar. Quando Caroline é enviada para a casa do Marquês, com o intuito de colocar a mansão da família em ordem, ambos vão ver com outros olhos sentimentos que eles não pensavam mais que existiram em suas vidas.

Lucy Vargas nos traz uma história de época com muitos aspectos e costumes reais, principalmente da parte da protagonista, mas conseguindo também criar encontros, situações e momentos que poderiam ser considerados totalmente embaraçosos e inapropriados, porém instigantes e românticos para o leitor.

A protagonista é uma mulher jovem, que viveu um casamento completamente infeliz e agora, viúva, só lhe resta cuidar da casa de um parente distante, para conseguir ao menos algum recurso para sobreviver. Geralmente nesses livros encontramos mulheres modernas, à frente do seu tempo, mas Caroline não poderia ser mais contraria a isso. Ela quer vestidos da moda, estar sempre aceitável a frente de outras damas da sociedade e não se envolver em nenhum escândalo. Claro que, quando se trata do que o coração sente, nem sempre todas essas coisas são possíveis.

Henrik é casado com uma mulher que está entravada em uma cama, por vontade própria e que rejeita a própria filha. Os empregados, os poucos remanescentes, não dão conta de uma casa tão grande, e de uma patroa que, apesar de não sair da cama, é uma mulher impossível, completamente louca e cruel.

Para o Marquês, ter uma mulher cheia de vida como Caroline em sua casa, era como um balsamo de frescor, naquele inferno que ele vivia, salvo apenas pela filha. Porém, ele sabia que ainda era um homem casado, e que ela jamais aceitaria nada menos do que continuar sendo alguém respeitável. Para eles, era impossível evitar que aquele amor crescesse a cada dia, a atração e emoção que cada um sentia, porém, não havia a possibilidade de alguma esperança de que eles pudessem ser felizes. Pois eles sabiam que só poderiam encontrar a verdadeira felicidade ao lado do outro.

“O Refúgio do Marquês” é um livro muito romântico, que trata de uma época encantadora para uma história com esse gênero. Os protagonistas têm os seus problemas, apesar dos do marques serem muito mais impossíveis de uma resolução, mas nós torcemos a cada segundo por um final feliz, mesmo que tenhamos que torcer por um final triste para outros personagens, mesmo aqueles que só causaram sofrimento. 

5 comentários:

  1. Oi Jana,romances de época atuais,andam retratando personagens femininas muito à frente do seu tempo. Que acredito ,torna a história um pouco irreal.
    É claro que é muito bom ver mulheres cheias de personalidade e até sarcásticas, mas passa longe dos costumes da época.

    Espero poder ler esse livro. Me fez lembrar das histórias que eu lia desse gênero, há alguns anos atrás. 😊😘

    ResponderExcluir
  2. Jana!
    Bom demais ver um romance de época escrito por uma autora nacional.
    Adorei saber os detalhes sobre a protagonista e que no final tem uma passagem de tempo de dez anos para o futuro.
    Será que via ter continuação?
    Bom final de semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou bem curiosa em relação a esse livro.
    Confesso que li um livro da autora e não curti muito a forma de escrita dela.
    Mas como curto romance de época, esse está na minha listinha.
    Parece ser uma história bem gostosinha de se acompanhar. E espero conferir em breve.
    Os personagens parece ser bem envolventes e apaixonantes.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Nunca li nada da autora, mas por ser um romance de época, já fiquei animada para ler! Gostei do enredo e estou curiosa para saber mais dos personagens e seus envolvimentos.
    Esse gênero sempre me encanta e conquista!
    Obrigada pela indicação.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Jana! Tenho esse livro porem ainda não li, a fila de leitura está enorme, curto muito um romance de época e gosto muito ler nacionais, essa sua resenha me deixou ainda mais curiosa em conferi logo essa história.
    Bjs

    ResponderExcluir