Três Coroas Negras

| 16 julho 2017 |
Três jovens rainhas, três jovens irmãs. Destinadas a acabarem com a vida uma das outras desde o seu nascimento. Apenas uma rainha deve restar, para que um novo ciclo tenha início.

Um livro simplesmente fantástico. Original e genial a cada página. Três protagonistas únicas, pelas quais o leitor se apaixona, torce, vibra, mas que sofre por saber que, em algum momento, elas terão que se enfrentar, e apenas uma restará desse embate. A autora, Kendare Blake, não facilita nem um pouco a vida dos leitores, pois é impossível escolher uma favorita, escolher por quem torcer. As três estão no centro de uma trama que perdura por gerações de rainhas trigêmeas, escolhidas pela Deusa para terem esse destino cruel.

Katharine é a rainha envenenadora, exatamente como a última que esteve no poder. Sua dádiva é fraca, mas os envenenadores não querem ser substituídos, e farão de tudo para que sua rainha fique com a coroa. Katharine é muito frágil e sensível, quando deveria ter o sangue mais venenoso de toda a ilha.

Arsinoe é uma naturalista, mas, assim como sua irmã, sua dádiva ainda não floresceu. Como uma rainha, ela deveria ter o mais forte dos animais ao seu lado e controlar a natureza ao seu dispor, mas nem uma simples flor floresce ao seu comando. Arsinoe, e todos os outros naturalistas, sabem que suas chances de sobreviver ao ano da Ascenção são quase nulas, mas ela tem fortes amigos ao seu lado, que lutarão por ela até o último momento.

Mirabella, a única das trigêmeas que consegue usar todo o poder que a Deusa lhe enviou, é uma elemental. Consegue controlar todos os elementos ao seu dispor. Ela é claramente a próxima rainha que irá governar toda a ilha, pois tem o poder de matar cada uma de suas irmãs com facilidade, porém, é a única que se lembra se sua infância, de quando elas viviam juntas e protegiam umas às outras. Mirabella tem todo o poder que necessita para enfrentar o seu destino, mas não tem no coração nada que a faça querer acabar com suas irmãs de forma tão cruel.

Nunca li um livro com um enredo como esse. É realmente raro encontrar narrativas que conseguem ter um ponto de partida realmente único. Nessa história, o maior vilão é o destino, que força irmãs a se enfrentarem em um ciclo que não pode ser quebrado. As três protagonistas, apesar de completamente diferentes, nos encantam, cada uma a sua maneira. Suas fragilidades, medos e incertezas, além do que cada uma leva dentro do coração, nos deixam completamente perdidos, ao tentar escolher quem vive e quem morre nessa disputa pela coroa.

O final desse livro é algo fora de série. É como se você não conseguisse parar para respirar perante tantos acontecimentos. É impossível fugir da angústia e não terminar o livro impactado com tantas revelações e com o que estará nos aguardando na sequência.

“Três Coroas Negras” é um livro que te deixará com o coração na mão. Um livro de fantasia que não mede esforços para nos deixar escolhas impossíveis, personagens encantadores com destinos cruéis e reviravoltas muito bem elaboradas a cada capítulo. Você vai terminar a leitura sem saber qual rainha prefere no trono, porém, desejando com as suas forças a sequência dessa história única. 

6 comentários:

  1. Oi, Jana!
    Que resenha fantástica, hem? Parabéns! Estou amando ler esse gênero, então, já fiquei com grande expectativa nessa leitura. E depois dos seus comentários tão positivos sobre o livro, minha ansiedade já é total! Com certeza mais uma série de sucesso.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. O enrendo parece ser genial mesmo. Com um certo diferencial que nos faz devorar página por página.
    Estou super animada pra ler esse livro e saber mais sobre essa três jovens. E qual vai ser o desfecho das personagens!
    Sua resenha me deixou ainda mais interessada e espero poder conferir em breve.
    Não conheço a escrita da autora, mas pelo que ando vendo é bem envolvente.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oi Jana! Nossa, que livro é esse, essa é primeira resenha que leio dele e me deixou mega curiosa em conferi isso tudo que foi dito aqui, que história fantástica, preciso desse livro pra ontem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Nossa,é a primeira vez que leio sobre esse livro, e já achei o enredo fantástico!
    Realmente a história é bem original. Diferente dos livros de fantasia que habitualmente vemos por aí.
    E se as três personagens tem o seu próprio carisma,fica realmente difícil torcer por uma delas.

    E sim!!!!
    Adorei essa novidade e com certeza já estou desejando ler. 😃

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Confesso que não costumo ler livros nesse estilo, raramente os faço, mas esse me deixou bem curiosa. O fato das dádivas não funcionarem com elas me fez pensar que deve ser no mínimo engraçado esse fato. Se tiver chance quero ler sim.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Jana!
    Gostei do plot de três princesas que recebem dons e depois terão de 'batalhar' entre si para quem ganhar será a rainha.
    Uma pena que demora muito para ter a verdadeira história delas.
    Bom que pelo menos o final foi surpreendente e dá para salvar o livro e continuar a série.
    Entendo que essa parte inicial é importante, porque precisamos conhecer a origem das irmãs e do reino, mas como falou, poderia ser mais reduzido.
    Tomara que os outros livros da série sejam bons mesmo.
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir