Adeus, Tóquio!

| 20 agosto 2017 |
Aquela era a última semana de Sophia em Tóquio. A última semana com os únicos amigos que ela já teve em sua vida. Ela sentiria muita falta de Mika e David, sua paixão não tão secreta, mas estava disposta a aproveitar seus últimos momentos com eles, porém, a volta de um antigo amigo, atualmente alguém que ela sequer gostaria de ver, muito menos nesse momento, poderia tornar aqueles últimos dias ainda mais complicados. Ou, talvez esse retorno lhe abrisse os olhos, lhe desse esperanças para o futuro.

Esse livro narra a vida de uma adolescente, que, devido ao trabalho da mãe, já morou em vários países e está vivendo a sua última semana na única cidade no mundo em que ela conseguiu fazer amigos verdadeiros. Esses sete dias são passados para o leitor através de uma contagem regressiva, quantas horas faltam para que a vida da protagonista no Japão finalmente termine e a autora, Cecila Vinesse, faz isso de uma forma realmente genial.

A autora realmente consegue fazer com que o leitor crie empatia e um laço com os seus personagens, mesmo que o tempo de convivência durante a narrativa seja muito curto. Sophia nos passa a insegurança e as incertezas de uma adolescente que não quer mudar mais uma vez de país, abandonar tudo o que ela conhece e a descoberta do que realmente é o amor. Com um pai ausente, por mais que ela negue tal fato, viver apenas com a mãe e a irmã fez com que algo sempre faltasse em sua vida, pelo menos até o retorno de Jamie para o Japão.

Jamie, Sophia e Mika eram inseparáveis. Um pouco antes de Jamie se mudar do Japão, Sophia e ele tiveram um sério desentendimento, algo que a chateou imensamente. A volta de Jamie em sua última semana era tudo o que ela não precisava, ou pelo menos era o que ela achava. O retorno de Jamie com certeza dificultaria ainda mais a sua despedida, mas por motivos completamente diferentes do que ela imaginava.

Como uma pessoa apaixonada pela cultura japonesa, esse livro foi uma leitura ainda mais especial. A autora realmente consegue nos passar o modo de vida na terra do sol nascente, todas as diferenças entre as nossas culturas, a dificuldade que os personagens tiveram para se adaptar a um país tão diferente aos seus de origem, isso tudo com o encantamento e peculiaridades típicas do Japão.

O romance nesse livro foi uma das coisas mais encantadoras que eu já tive a oportunidade de ler. O ciúme pode criar um mal-entendido e separar dois amigos. O amor e a amizade podem criar um laço que nem um oceano conseguiria separar. Ou, eu espero sinceramente que não. Assim como em muitas outras histórias, esse livro me fez virar a última página desejando uma continuação.

“Adeus, Tóquio!” é um livro sobre pessoas vivendo em outras culturas, se adaptando a outros países, fazendo amizades, compreendendo sua família, entendendo os seus sentimentos e conhecendo o verdadeiro amor. É como uma montanha russa de sentimentos vividos em apenas sete dias. Eu embarcaria nessa montanha russa novamente a qualquer momento.

2 comentários:

  1. Olá, essa capa quase que infantil,é uma graça!
    E achei genial que a autora tenha criado a sua história em um lugar diferente.
    Conhecer um pouco sobre a cultura japonesa , e os personagens da história, me deixaram com vontade de conhecer o livro.
    Falar de amizades,amores e inseguranças típicas da idade da Sophia, em geral são leituras que gosto muito! 💚

    ResponderExcluir
  2. O livro é rico em mostrar alguns pontos sobre o Japão, apesar de não ser esse o foco!! Despedidas nunca são fáceis, mas às vezes necessárias!! Para Sophia parece ser bem mais complicado ainda, nasceu no Japão e depois mudou para os Estados Unidos, e agora está no Japão e indo embora novamente!! Tem as amizades que ficarão para trás, e a parte do romance!! Fiquei com muita vontade ler!!

    ResponderExcluir