Meu Querido Meio-Irmão

| 06 agosto 2017 |
Greta jamais imaginou que sua mãe se casar novamente poderia mudar toda a sua vida, até ela descobrir que seu padrasto era pai de um garoto de sua idade, e que ele viria morar em sua casa. Sua intenção era recebê-lo bem, fazer com que ele se sentisse bem-vindo, porém, era impossível lidar com alguém tão implicante, grosso e perverso quanto aquele meio-irmão, até que ele começasse a despertar nela sentimentos que nunca haviam passado por seu corpo, ou seu coração.

Quando comecei a ler esse livro não esperava o quanto a autora se aprofundaria na história e em seus personagens. Penelope Ward vai muito além na sua narrativa do que nos passam a sinopse ou a capa do livro. Apesar de ser uma obra voltada para o público adulto, a história não se resume a isso, muito pelo contrário. Temos dois personagens muito bem desenvolvidos, com sentimentos que extrapolam as páginas e com caminhos que nos prendem, emocionam e nos levam por cada capítulo em direção a algo fantástico.

Elec nunca teve um relacionamento bom com o seu pai, mas sempre cuidou de sua mãe, que ainda amava o ex-marido e sofria terrivelmente com isso. Para a mãe poder se tratar, sem precisar se preocupar com ele, o protagonista aceita morar com o pai, mas com o intuito de transformar seus dias em um martírio. Ele tenta arduamente seu intento, mas, ao conhecer Greta, seria impossível maltratar tanto a pessoa mais gentil e bondosa que ele já conheceu. Ao mesmo tempo, seria impossível namorar a filha daquela que trouxe tanto sofrimento para sua mãe. Ele sabia que ela não aguentaria mais uma decepção em sua vida.

Greta não consegue disfarçar o que sente por Elec e, uma noite de amor, é tudo o que ela consegue antes dele ir embora. Ela entende os seus motivos, a razão deles não poderem ficar juntos, mas isso não diminui o seu sofrimento. Anos depois, quando o seu padrasto morre, e eles voltam a ser reencontrar, seus sentimentos estão mais vivos do que nunca, ela o ama como nunca amou ninguém, porém, ao chegar acompanhando, Elec prova que seguiu em frente, mas nem sempre um grande amor pode ser esquecido tão facilmente.

Esse livro realmente me prendeu a cada página. Muito mais do que cenas de sexo, o que sugere muito a capa do livro, essa narrativa é feita de sentimentos intensos, um amor que nasceu da forma mais bonita possível, entre duas pessoas que dificilmente poderiam ficar juntas, pois o destino sempre cuidava para colocar alguma pedra em seu caminho.

Por ser narrado do ponto de vista de Greta, seus sentimentos são sempre mais transparentes e perceptíveis que os de Elec, porém, a autora nos presenteia com capítulos muito especiais ao final de livro que, de uma forma única, podemos entender e nos surpreender com o outro lado dessa história. Com revelações que ninguém poderia prever, somos bombardeados com todas as emoções de Elec, seus medos, dúvidas e o quão grande pode ser o seu amor.

“Meu Querido Meio-Irmão” é um livro encantador. Dois personagens apaixonantes nos conduzem por essa história de medos, incertezas, superação e amor. Elec e Greta entraram facilmente para a minha lista de casais favoritos e tenho certeza que entrará para a sua também.

2 comentários:

  1. Jana!
    O romance já começa não sendo nada convencional, já que são considerados irmãos, mesmo sem terem nenhuma consanguinidade.
    E esse tal de relacionamento de 'gato e rato', festa do estica e puxa, vai ou não vai, dá o tom do quanto a atração entre eles é forte.
    Desejo que se acertem e consigam ser felizes.
    Desejo uma ótima semana!
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Jana,assim que vi a capa do livro,pensei também que seria mais uma história hot e sem um bom enredo.
    Mas quando li o título, e também sua resenha,me surpreendi!
    Gostei da forma em que os personagens se relacionam,e que percebem que não era o momento para ficarem juntos.
    Mas acredito que o futuro trará grandes surpresas para o casal.

    E pretendo ler.

    Gostei da dica !

    ResponderExcluir