Na Minha Onda

| 07 setembro 2017 |
Vitória Prata está em um momento muito difícil de sua vida. Antes ela fazia parte de uma dupla musical de muito sucesso, As Elétricas, junto com sua melhor amiga, Carol Laine. Mas em um determinado momento, as duas, amigavelmente devo ressaltar, resolveram se separar e seguirem carreira solo. Porém nada do que Vitória planejou para sua vida deu certo.

Enquanto, Carol Laine, em sua carreira solo tornou-se a nova sensação do axé baiano, conhecida em todo o país, Vitória se dedicou ao estudo da música e não conseguiu que seu novo CD fosse aceito em nenhuma gravadora. Sem dinheiro e muito endividada, ela não teve escolha a não ser voltar para a casa dos pais em Salvador.

O sofrimento que Vitória passa é muito bem descrito no livro, principalmente que a mesma se deixa sofrer, porém em alguns momentos é até engraçado, pois a mesma possui um caderninho azul onde escreve todas suas tristezas e frustrações, inclusive com apelidos hilários de quem ela não gosta.

Vitória, por orgulho não quer pedir ajuda a Carol para retomar a carreira, porém um dia a mesma junto de Lucas (produtor e primo de Carol) chegam com uma proposta de reatar momentaneamente a dupla e um reality show. Claro que há um detalhe que devemos falar: Vitória sempre teve um tombo gigantesco por Lucas. É claro que esse já é um ponto positivo em sua decisão.

É muito bom a história se passar quase que inteiramente em Salvador, a autora soube colocar de maneira muito interessante a geografia local, junto com os sotaques da região que nos deixam no clima da capital da Bahia. É impossível não gostar de “Mainha”, ” Painho” ou um “Ôxe” bem utilizado.

As personagens são muito humanas e nos passam com sinceridade o que estão sentindo, tanto em suas fragilidades, como em seus defeitos e qualidades. “Na Minha Onda” é um livro que nos mostra que o show business não é fácil e que nem sempre quem tem realmente talento consegue ficar no topo.

E quando estou pensando que o livro só vai focar na retomada de Vitória aos palcos junto de Carol Laine e as dificuldades dessa relação, eis que surge um suspense quando Carol e Vitória começam a ser ameaças por um desconhecido que se intitula EGO, essa pessoa é desconhecida da dupla, porém parece conhecer bem as duas e todos os seus passos. Será que correm risco de vida? Afinal, EGO será alguém próximo?

O livro possui uma linda capa colorida com uma sereia que tem tudo a ver com a protagonista, protegida de Iemanjá. Na Minha Onda é divertido e com uma excelente história para pensarmos o que é realmente importante na nossa vida e como as decisões que tomamos afeta a todos em nosso redor.

4 comentários:

  1. Vanessa a capa do livro realmente está linda!
    E a história não fica atrás.Acho que mostra a realidade de muitos músicos que possuem muito talento,e poucas oportunidades de mostrar o seu trabalho.
    Assim como também achei interessante,a autora nos transportar para a região onde a trama acontece e as frustrações e medos da personagem principal quanto ao seu futuro.

    E esse mistério em torno da Carol e Vitória,acredito que tenha apimentado ainda mais a história.

    Gostei!

    ResponderExcluir
  2. Vanessa!
    Vitória mesmo tendo uma oportunidade, após o momento 'fundo do poço', não mudou sua forma de pensar e agir, é ciumenta, invejosa, sinceramente, não gosto de personagens assim, são bem perniciosas.
    Mas gostei de saber que a Bahia é descrita no cenário do livro, o terrinha mágica e arretada, amo!
    E que tem música, tendo música já facilita muito a atenção na leitura, pelo menos para mim.
    Desejo um ótimo final de semana!!
    “A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma.” (Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Vanessa!
    Não conhecia Na minha onda, e confesso que não fiquei interessada pela trama e nem curiosa para conhecer a história da Vitória na sua busca pela fama, nem mesmo o mistério por trás das ameaças do EGO me deixou interessada, e olha que eu gosto de suspense... Portanto, dificilmente eu leria esse livro.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Essa é primeira resenha que vejo desse livro, amei essa capa, fiquei super interessada e bem curiosa em conferi isso tudo que foi dito aqui.

    ResponderExcluir