Casada até Quarta

| 04 janeiro 2018 |
Autora: Catherine Bybee 
Editora: Verus
Adquira o seu exemplar: Amazon

Blake era um homem bem-sucedido, que havia construído um império com seu próprio esforço. Apesar do pai ter sido um homem de muitas posses e títulos, ele não queria seguir os passos de alguém que nunca lhe deu amor, ao mesmo tempo, não queria perder uma herança e um título que eram seus por direito. Mesmo depois de morto, seu pai queria continuar controlando cada uma de suas escolhas, como o obrigando a se casar para poder herdar tudo o que lhe pertencia.

Samantha é dona de uma agência de casamentos por conveniência. Ela basicamente encontra uma esposa ideal para homens que precisam de alguém interessada apenas no retorno financeiro, sem nenhum envolvimento amoroso, assim como as necessidades de Blake no momento. Porém, as coisas começam a sair do controle quando Blake resolve não escolher as candidatas apresentadas por Samantha, mas a mesma, para ser sua esposa durante o ano que ele precisa para receber sua herança.

A protagonista vem de uma família com muito dinheiro, devido a ações ilícitas cometidas pelo seu pai. Quando suas falcatruas são descobertas, e eles perdem tudo, o pai de Samantha é preso, a mãe se mata e a irmã tenta seguir pelo mesmo caminho, sem sucesso, o que a levou para uma clínica onde ela terá que viver o resto de seus dias. Blake promete custear o tratamento da irmã de Sam de forma vitalícia, o que a convence a ser sua esposa durante um ano, antes de cada um volte para a sua vida.

O dinheiro uniu Blake e Samantha, mas outras coisas os manteriam juntos. Como ser casado com alguém que você deseja desesperadamente, mas que não pode tocar? O casal gira em torno de uma tensão sexual intensa desde o primeiro beijo, no dia do casamento, o que evolui para algo cada vez mais irresistível a cada página.

Apesar de Blake tomar a iniciativa de que eles podem ter algo a mais durante aquele ano, além de um casamento somente de aparências, é Samantha quem realmente toma a atitude para que isso aconteça. Gosto da forma como ela é decidida, como ela não tenta esconder suas vontades e desejos com uma máscara de indiferença. Ela simplesmente assume os riscos, de como ela pode sofrer após um ano e embarca naquele sonho que é estar nos braços de Blake.

Claro que, um casamento que começou puramente como um contrato comercial, não é exatamente algo baseado na mais pura confiança. Durante a narrativa Blake descobre um fato que é crucial para receber a sua herança, mas que pode colocar por um fio sua relação já tão preciosa com Samantha.

Ao mesmo tempo, nós acompanhamos o início do seu relacionamento real, da intimidade, companheirismo e conquista da confiança. O que somados, podem evoluir para uma linda história de amor.

"Casada até Quarta" mostra como é possível a confiança nascer de uma mentira e o amor nascer de um negócio. Que um relacionamento não é mensurado como ele começa, mas até onde você deseja que ele vá. No caso de Blake e Samantha, isso é exatamente o que eles devem descobrir para encontrarem o seu "felizes para sempre".

Nenhum comentário:

Postar um comentário