Casamento por Conveniência

| 16 fevereiro 2019 |

Editora: Leya
Adquira o seu exemplar: Amazon

Nick precisava se casar para ter direito à herança de seu tio e levar a sua vida da forma como sempre sonhou, com o trabalho que sempre sonhou. Alexa acreditava em romance e gostaria de um homem perfeito em sua vida, de preferência rico, para ajudá-la a pagar a hipoteca da casa de seus pais.

Uma união convenientemente perfeita, porém, a convivência diária entre duas pessoas que já foram amigos de infância, poderia transformar um casamento puramente contratual em uma história repleta de paixão, desejo e, talvez também, amor.

Logo no primeiro "reencontro", para acertar os detalhes do contrato, já percebemos o quanto esse casamento será conturbado, por mais que ele seja apenas no papel. Nick e Alexa se conheceram na infância, conviveram e cresceram juntos, antes de se afastarem, então sabiam muito do passado um do outro. Juntamos isso ao fato de que ambos têm personalidades muito fortes, e um desejo quase incontrolável, temos a fórmula perfeita para uma história de amor que nos prenda do começo ao fim.

A protagonista sonha com romance, um belo casamento, um marido afetuoso e filhos. Já seu marido, devido ao desastroso casamento dos pais, não acreditava em um futuro feliz ao lado de uma mulher, seja ela quem fosse. Ter Alexa ao seu lado foi um fator determinante para começar a mudar sua percepção sobre estar com alguém em todos os dias de sua vida.

Vê-los tentar aplacar aquele sentimento, manter o casamento no âmbito estritamente profissional, é tão angustiante para os personagens, quanto para nós. Conhecer os seus pensamentos, a forma como eles começam a se preocupar e querer o outro bem, nos faz querer entrar no livro e juntar aqueles dois turrões a força.

Quando finalmente se rendem a paixão, é o primeiro passo para uma maior cumplicidade e afeto, porém, ainda deixando uma longa jornada para que finalmente tivessem coragem de revelar seus reais sentimentos, o quanto o desejo não era algo apenas pelo corpo, mas por tudo aquilo que o outro representava. Coragem de admitir que aquilo que eles estavam construindo se chamava amor.

"Casamento por Conveniência" é um romance lindo, repleto de paixão, onde os obstáculos são criados pelos próprios protagonistas e suas inseguranças, sem muitos elementos externos que nos distanciem da narrativa principal. Apaixonante!

2 comentários:

  1. Olá! Também achei um romance lindo, já tem um tempinho que li esse livro e depois disso fiquei doida pra ler outros dessa autora, gostei muito da sua escrita.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Jana! :)

    Casar por conveniência desse jeitinho,deve ser maravilhoso!
    Apesar de terem personalidade forte,e desejarem um casamento por motivos totalmente diferentes,no final desejarão o mesmo; Um ao outro!

    Eu gostei bastante da história,e pretendo ler.


    Abraços.

    ResponderExcluir