Quando as Estrelas Caem

| 17 julho 2019 |

Editora: Novo Conceito
Adquira o seu exemplar: Amazon

Lilac e Tarver eram de mundos completamente diferentes. Ele era apenas um soldado tentando se misturar a elite, após ser condecorado por seus feitos. Ela era filha do homem mais importante do universo, alguém poderoso e temido. Quando a nave em que eles estavam cai em um planeta aparentemente desabitado, sendo eles os únicos sobreviventes, as diferenças de seus nascimentos já não teriam mais importância, apenas a sobrevivência.

Que história! Desde o primeiro contato que eu tive com esse livro, com a sua capa incrível, tive vontade de conhecer essa obra, mas nunca teria imaginado que uma narrativa, com praticamente apenas dois personagens durante todo o tempo, seria tão fantástica e instigante de se acompanhar.

Por destino, coincidência, ou apenas um momento de sorte, quando a nave em que Lilac e Tarver viajavam precisa ser abandonada com urgência, eles acabam na mesma cápsula de fuga. Estar em um planeta desabitado, apesar de estranhamente estar pronto para receber uma nova colônia de humanos, era bem próximo a realidade de Tarver, que já lutou em situações também precárias. Para Lilac, aquele poderia ser um sofrimento sem precedentes, alguém tão mimada e protegida toda a vida, mas ela tinha forças para encarar os desafios que surgissem em seu caminho, então aquela não era sua real preocupação.

Ela estava sozinha com um soldado muito atraente, honesto e com um enorme coração. Mas ele era apenas um soldado e Lilac sabia exatamente o que o seu pai poderia fazer com alguém como ele, se ousasse se aproximar de sua filha. Não seria a primeira vez que seu pai tiraria alguém violentamente de sua vida, e ela não permitiria que isso acontecesse novamente. Mesmo que tivesse que afastá-lo interpretando seu papel mais conhecido: de princesa mimada que não se importava com nada, nem ninguém, além dela mesma.

É claro que estar perdida em um planeta distante, com uma única companhia, além de vozes que pareciam querer deixá-la louca, - ou que já provavam a sua loucura - eram incentivos mais do que suficientes para que Lilac começasse a deixar sua máscara cair, e eles pudessem começar a trabalhar como uma verdadeira equipe em busca de uma saída.

É claro que uma obra com essa premissa, dois protagonistas sozinhos, lutando para sobreviver, não seria completa se não trouxesse para as páginas uma história incrível de amor. Em um determinado momento, a luta de ambos deixa de ser apenas pela sobrevivência, em busca de um resgate que talvez nunca viesse, mas uma luta um pelo outro, algo realmente pessoal, assim como quando nos importamos muito com alguém e somos capazes de abrir mão de qualquer coisa pela pessoa amada. É exatamente o que encontramos nesse livro tão bem escrito e romântico.

Porém, além de todo esse contexto fenomenal, a narrativa se eleva quando, cria uma linha da história toda voltada para ficção científica. Os motivos da existência daquele planeta e das criaturas que ali viviam, a ausência de humanos, vida e morte, tudo entrelaçado em uma dança incrível.

Um livro imperdível e fascinante. "Quando as Estrelas Caem" traz dois protagonistas vivendo um romance encantador, mas também uma corrida contra o tempo, além de segredos e mentiras. Simplesmente completo e incrível!

Adquira o seu exemplar: Amazon

Nenhum comentário:

Postar um comentário